Vídeo Currículo: 7 dicas para arrasar na tela

Vídeo Currículo: 7 dicas para arrasar na tela

Especialistas da área de RH e de consultoria apontam que o futuro do currículo será o vídeo. De olho nessa tendência, o Apponteaplicativo de emprego que auxilia empresas a se conectarem com candidatos por meio do cruzamento de afinidades, já nasceu com a tecnologia do vídeo currículo em sua plataforma. 

vídeo currículo pode ser um grande diferencial tanto para candidatos quanto para recrutadores no momento do processo de seleçãoPara o profissional, é um momento em que pode mostrar dinamismo, desenvoltura ou falar de particularidades e singularidades que, muitas vezes, não cabem no currículo tradicional.

Já para o RH, recrutadores ou consultorias, o vídeo currículo serve como uma espécie de triagem, pois, muitas vezes, o candidato coloca em seu currículo atributos que não são verdadeiros como ser fluente em um idioma, ser extrovertido, possuir ótima apresentação e fluência verbal. No geral, descobre-se apenas na hora da entrevista presencial que algumas dessas características não são reais. O Apponte possibilita o contato visual logo de cara, além de dar a chance de enviar desafios em vídeo, áudio ou testes predeterminadosCom essas ferramentas, o aplicativo de empregos permite uma redução de até 70% no tempo investido e nos gastos com processos seletivos.

Produzir um bom vídeo currículo requer algumas técnicas. O time do Apponte elencou algumas dicas para o candidato ter o melhor aproveitamento possível dessa ferramenta e arrasar na tela

1 – Preparar um roteiro e estudá-lo

Desenvolva um texto se apresentando, falando de sua formação, das qualificações e de outros pontos positivos que possam fazer a diferença no ambiente profissional. Atores e pessoas que costumam falar em público sempre se preparam antes, estudam e memorizam o que precisa ser dito. Com você não é diferente.

2 – Visual caprichado e clean

Exageros nunca são positivos, principalmente quando falamos de ambiente profissional. Importante estar visualmente alinhado com a sua área de atuação. Algumas empresas possuem ambientes mais formais e outras nem tanto. De qualquer forma, não exagerar no look e na maquiagem, essas são dicas essenciais para quem vai aparecer na tela.

3 – Onde e como gravar seu vídeo currículo

Evite ambientes informais ou com muito barulho como cozinha, lavanderia, ônibus, metrô, rua ou shoppings. O ambiente ideial é aquele que tenha conexão com a mensagem transmitida e de preferência um local mais tranquilo e organizado. Iluminação também é importante. Evite gravar em locais escuros ou contra a luz.

4 – Seja espontâneo e verdadeiro

Um dos pontos mais importantes em qualquer apresentação profissional: sempre falar a verdade e não mencionar atributos que não possui. Estar com o que vai falar na ponta da língua auxilia muito na espontaneidade. O ideal é imaginar que está contando algo para um amigo ou pessoa próxima.

5 – Postura e Linguagem

Estar relaxado no momento de gravar o vídeo auxilia a não ficar com postura mecânica. Você já deve ter observado repórteres televisivos em ação, assistir algumas pessoas que falam em público e ver como elas se comportam pode ajudar. Preste muita atenção nas concordâncias verbais e elimine as gírias do seu repertório.

6 – Duração do vídeo currículo

De acordo com especialistas em vídeo, este tipo de apresentação não deve superar 2 minutos. Os primeiros segundos de qualquer tipo de vídeo são fundamentais, pois é o momento em que você vai ou não capturar a atenção para o que está dizendo. No Apponte, os candidatos têm até 90 segundos para se apresentar.

7 – Edição

Na edição, insira informações como seu nome, e-mail, telefone e o endereço de alguma rede social profissional ou página web em que o recrutador possa ter mais informações sobre o seu trabalho, insira no final do vídeo (calculando um tempo para que possam ser lidas com calma). Você pode encontrar diferentes editores de vídeo na internet, sendo que muitos deles são gratuitos.

 *Foto: Reprodução